(english version)

Onde está o site da RE-FOOD?
É uma boa pergunta e a resposta (como em tudo) está no TEMPO e no ESPAÇO.

Este é o ESPAÇO certo: www.re-food.org.

O TEMPO certo é o dia 8 de dezembro de 2014 – Dia do 1º ENCONTRO NACIONAL REFOOD!

Sim, é verdade, depois de pouco mais de três anos e meio de trabalho intensivo, o projeto Re-food terá, finalmente, o seu site.

Este trabalho intensivo incluiu o resgate e a entrega de mais de 300.000 refeições – comida condenada ao lixo, mas em perfeitas condições, comida boa que agora está a ser redirecionada para alimentar milhares de pessoas com carências alimentares.

Este trabalho também incluiu a partilha de ferramentas e de “Know-how” – desenvolvidos, inicialmente, na comunidade urbana de “Nossa Senhora de Fátima”, em Lisboa, Portugal – com muitos outros grupos de cidadãos igualmente interessados em acabar com a fome e com o desperdício alimentar nas suas próprias comunidades.

Atualmente (outubro de 2014) existem seis núcleos Re-food em funcionamento, dentro e perto, de Lisboa (em Nossa Senhora de Fátima, Telheiras, Estrela, Lumiar, Alfragide e, desde sábado, dia 25 de outubro, também nos Olivais).

Em conjunto, estas equipas de cidadãos estão a resgatar mais de 20.000 refeições por mês, a um custo real de menos de 10 cêntimos por refeição (obviamente que não cobramos nada pelo nosso serviço, mas, como gerimos uma operação de alta produtividade e baixos custos, temos que ter sempre consciência dos nossos custos reais).
O modelo Re-food é eficiente e eficaz, ativando e utilizando os recursos comunitários que anteriormente se encontravam subaproveitados, de uma forma simples e inovadora, que, ao mesmo tempo, é gratificante para quem participa e essencial para quem recebe os benefícios.

Atualmente, em Lisboa, 7 outras equipas estão a trabalhar para começar a ajudar as suas comunidades antes do fim de 2014 (ou no início de 2015). São elas: São Sebastião da Pedreira, Carnide, Belém, Alcântara, Parque das Nações, Misericórdia e Santo António. Fora da capital, muitas outras equipas estão a trabalhar e a preparar-se para lançar as suas operações… entre elas, as primeiras serão a equipa da Foz do Douro, no Porto, e a equipa de Cascais, perto de Lisboa – ambas antes do fim de 2014. As equipas de Braga, Covilhã, Alcobaça e Fundão irão começar a ajudar as suas comunidades no início de 2015.

Outras equipas estão a trabalhar para abrir em 2015, nomeadamente: em Lisboa – Santa Clara, São Domingos de Benfica, Benfica, Campo de Ourique, Alvalade e Areeiro; perto de Lisboa – Almada, Rio de Mouro, Cascais CPR; e fora de Lisboa – Leiria, Gaia, Cedofeita, Guarda, Almancil, Algoz, Quarteira, Albufeira e Faro.

Novas equipas em formação em muitas outras comunidades, como: Odivelas, Oeiras, Mafra, Montijo, Setúbal, Évora, Silves, Portalegre, Abrantes, Tomar, Torres Vedras, Coimbra, Vila Real, Aveiras, Vila Nova de Famalicão, São João de Madeira, Valongo, Guimarães e Viana do Castelo (entre muitas outras).

Ao nível internacional, existem equipas em formação em Barcelona, Madrid, Milão, Londres e Buenos Aires, sendo que a nossa experiencia foi, também, inspiradora para outros projetos: em Amsterdão (BuurtBuik) e em várias cidades da Índia (The Robin Hood Army).

Segue a Re-food no Facebook ou contacta-nos através do e-mail: comunicacao@re-food.org.

Hunter Halder

46 comentários

  1. Boa noite, parabéns pelo movimento ativo que a predesposição de um homem movimentou.

    Gostaria de saber contactos das equipas bonfim, paranhos e vila real pois tenho interessados em integrar.

    Obrigada

    Por Sara Reigoto
  2. Boa tarde,

    Moro na zona de Campo de Ourique e gostaria de saber onde se localiza o vosso ponto da Estrela. Gostaria de saber mais acerca do vosso conceito e como funcionam.

    Obrigada.

    Por Irene Martins
  3. Gostaria de ser voluntaria no vosso projeto. Como habito em Oeiras desejava que me informassem sobre o local onde me devo dirigir ou quem contactar junto desta zona.

    Por Andreia
  4. boa tarde eu gostaria de saber o que e necessário para me poder inscrever eu neste momento necessito de ajuda muito obrigado

    Por raquel ribeiro
  5. Boa noite,
    Habito em Odivelas, e desde há um tempo para cá que recolho junto de pessoas amigas e conhecidas, alimentos, roupas e cobertores para distribuir pelos sem-abrigo na zona de Lisboa.
    Precisamos de um espaço para receber mais donativos (não queremos dinheiro), para chegar a mais pessoas.
    Gostaria de saber se podemos conversar para desenvolver este projeto em conjunto com o vosso projeto e assim chegar mais longe.

    Obrigada
    Atentamente,
    Aida Ramos

    Por Aida Ramos
  6. Boa noite,

    Através de uma revista académica tive conhecimento sobre o vosso projecto e fiquei bastante interessado em contribuir também para a causa. O que poderei fazer para puder integrar a equipa? Eu moro em Queluz e tenho uma grande vontade em ajudar.

    Obrigado,
    André Borges

    Por Andre Borges
  7. Moro na freguesia Santo Antônio e tenho algum tempo livre para ajudar
    O meu telemóvel é 910863655
    Obg
    Madalena roquette

    Por Madalena Roquette
  8. Boa tarde,

    Gostaria de saber se vocês possuem algum nucleo na zona da Amadora.
    Já verifiquei que possuem um nucleo na zona de Telheiras, não havendo na zona da Amadora, como poderei juntar-me ao nucleo de Telheiras?
    Fico a aguardar uma resposta da vossa parte.

    Os meus cumprimentos,

    Carlos Roque

    Por Carlos Roque
  9. Bom dia,

    Venho por este maio voluntariar-me para vos ajudar nesta missão tão nobre.
    Trabalho numa empresa como escrituraria e técnica de informática a mais de 20 e vou ficar desempregada a partir de 1 de Fevereiro e 2015, como ouvi que necessitavam de pessoal administrativo, estou ao vosso dispor.
    Fico a agradar v/ noticias.

    Por Maia Borges
  10. Eu conheci a Re-Food através de meu Director Comercial.. num momento delicado de minha vida e para mim foi e está a ser uma das melhores ideias para evitar tanto desperdício alimentar estando tantas famílias a passar por sérias carências.
    Obrigada.
    É tudo o que tenho a dizer. Obrigada!

    Por Cássia Maria Parreira
  11. Boa noite, vivo na Av. da Igreja e gostaria de saber como poderei ajudar na equipa que estão a formar no bairro de Alvalade.

    Obrigado

    Cumps
    Miguel

    Por Miguel Lambertini
  12. Tive conhecimento do novo projeto refood cascais cpr, que penso terá inicio em 2015.
    Sei que procuram novos voluntários pelo que gostaria de me candidatar.

    Não sei com quem posso contactar diretamente para obter mais informações.

    Os meus contatos:
    carlaisabeloureiro@hotmail.com
    917758645

    Melhores cumprimentos
    Carla Loureiro

    Por Carla Loureiro
  13. Ola moro em guimaraes ,ouvi falar sobre o refoof e como quero dar algum do meu tempo num projeto de voluntariado,gostava de saber se existe alguma iniciativa vossa aqui e a possibilidade de poder colaborar convosco.Aguardo alguma resposta vossa.
    Claudia Oliveira

    Por Claudia Gabriela Antunes oliveira
  14. Boa noite, sou de Braga e apesar de ser trabalhadora e estudante, os meus dias serem
    Totalmente preenchidos, estou disposta a abdicar de algum tempo para me dedicar a vossa causa. Gostaria de obter mais informacoes. Obrigada e parabens pela vossa iniciativa.

    Por Paula Mendes
  15. Gostaria de saber se precisam de voluntarios para as zonas de sintra,cascais ou oeiras.obrigado.

    Por ricardo reis
    1. Olá Ricardo,
      Os voluntários são sempre bem vindos e nunca são demais.
      Na zona de Sintra irá existir o núcleo da Refood de Rio de Mouro.
      Para nos contactar basta enviar um mail para vol.refood.rm@gmail.com.
      Os melhores cumprimentos,
      Refood Rio de Mouro

      Por Voluntarios Refood Rio de Mouro
  16. Quero fazer parte deste voluntariado desde que vim para lisboa, por favor contactem-me 912880471, quero fazer parte desta grande família e dar aos outros aquilo a que todos temos por direito!

    Por iolanda aleixo
  17. Ola
    Eu sou portuguesa, mas vivo na Noruega ha ja uns anos. Descobri ha pouco tempo, através de pesquisas na net e muito por acaso, este seu projecto magnifico. Este meu email, tem o intuito de simplesmente, lhe dar os parabéns por esta iniciativa e como portuguesa, agradecer o que faz por tantos portugueses. Sim não faz sozinho, são uma equipa, mas suponho que por detrás, esta muito trabalho pensado por si. Quem sabe um dia, se eu voltar para Portugal, também eu gostaria com certeza de pertencer a essa fabulosa equipa.
    Mais uma vez, parabéns e obrigada

    Maria Pinto

    Por Maria Pinto
  18. Boa tarde,
    O meu nome é Joana e tenho 25 anos. Sou recepcionista de hotel e como tal trabalho por turnos e tenho por isso muitas manhãs ou tardes livres e folgas durante a semana.
    Vi um cartaz em Carcavelos a informar sobre o vosso voluntariado e pelo que percebi posso ser voluntária aqui em Carcavelos e gostava de perguntar mais informações.

    Obrigada

    Por Joana Bastos
  19. Prezados Senhores:
    Boa noite.
    Parabéns pelo trabalho desenvolvido. Acredito que se todos nós fizermos um pouco pelo próximo, a fome do mundo diminuiria bastante.
    Hoje vi o anúncio do grupo na ruas de Parede, sobre a reunião do dia 21.01.2015, no auditório do Colégio Marista, e gostaria de participar e ver a possibilidade de ingressar no trabalho voluntário.
    Já fiz parte de um grupo que distribuía comida aos moradores de rua, no Rio de Janeiro, e a experiência foi muito gratificante.
    Atenciosamente,
    Carlos André Araujo

    Por Carlos André Araujo
  20. Olá,

    Começo por me apresentar: chamo-me Krystel Leal, tenho 23 anos e sou estudante de Comunicação na Universidade da Sorbonne em Paris. Li o artigo que a Marketeer deste mês dedica à vossa organização e gostaria de saber se está a começar a implementar-se o princípio da Re-Food em Paris. Fiquei bastante interessada em participar na organização deste conceito nesta cidade, onde acredito que seria bastante valorizada.

    Aguardo resposta e, até lá, desejo-vos a continuação de um excelente trabalho,

    Krystel Leal

    Por Krystel Leal
  21. Boa tarde

    Através da Smup soube que estavam a precisar de voluntários para Carcavelos, Parede e São Domingos de Rana, duas horas por semana. Ainda precisam?

    Cumprimentos

    Margarida Praça

    Por Margarida Praça
  22. Boa noite, gostaria de saber como posso colaborar na zona de Sintra (S.Pedro de Penaferrim).

    Por Catarina Gonçalves
  23. Bom dia a todos,
    Gostaria de entrar em contacto com o vosso núcleo em Torres Vedras por forma conhecer melhor este projecto.
    Obrigado.
    Miguel

    Por Miguel Morais Costa
  24. Bom dia.
    Soube do “nascimento” do projeto em Famalicão e gostaria de estudar hipóteses de poder ajudar.
    Tenho pouco tempo livre, mas com boa vontade o pouco tempo que se disponibiliza pode ser de grande ajuda, creio eu.
    Com grande pena minha não me é possível ir à reunião do dia 15.02 na Casa das Artes, pelo que gostaria que alguém me contactasse.
    Obrigada

    Maria Luisa

    Por luisa coelho
  25. moro em Oeiras, estão a constituir equipas para esta localidade, gostava de saber onde me posso dirigir
    cumprimentos,
    obrigado
    Nuno Segurado

    Por Nuno Segurado
  26. Boa tarde!
    o meu filho de 14 anos teve conhecimento da REFOOD através da Geração C e ficou com muita vontade de participar. Dada a idade dele, é possível? Se sim, como fazer?

    Por helena ferreira
  27. Em Janeiro do ano em curso estive na reunião de sementeira, em Oeiras. Gostaria de obter informações sobre os desenvolvimentos dessa reunião.
    Obrigado
    Antonio Leite
    Telemóvel: 962759896

    Por António Leite
  28. Boa tarde,
    a ideia para tudo isto é incrível! Parabéns!
    Gostaria de saber se estará em vista a criação de mais algum núcleo no Porto.

    Obrigada,
    Diana.

    Por Diana Falcão
  29. Falta no site o link para contacto com re-food e ainda o NIF para consignação de 5% do IRS, vá lá estamos na altura dele! Bom trabalho.

    Por Ricardo Silva
  30. Bom dia,

    Moro no concelho de Odivelas e conheço a Re-Food desde que participei numa acção de formação promovida pelo IPAV, Instituto Padre António Vieira em Novembro de 2013. Quero doar o meu tempo disponível a este projecto e a esta missão, cada vez mais urgente. Quero contribuir com a minha parte para combater o desperdício alimentar e as desigualdades sociais. Por mais utópicos que estes desafios possam parecer.

    Cumprimentos
    José Peres

    Por José Peres
  31. Boa noite,

    Gostava de poder ajudar de alguma forma, se precisarem de um voluntário na zona da estrela estou disponível.

    Obrigado,

    Bom trabalho!

    Por João Barros
  32. Ola boa noite, nos somos de braga e gostavamos de fazer voluntariado. Mas não sabemos onde nos dirigirmos ou contactar.
    Por isso pedimos a vossa ajuda. Obrigado

    Por Bruno Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>